Um escritório de advocacia deve ser gerido como uma empresa. Esta tem sido a tônica dos últimos anos e a tendência crescente do mercado. Pensando na gestão sustentável, seja de uma empresa, ou escritório de advocacia, podemos elencar alguns pontos, primordiais para que atividade se torne sustentável, face ao ambiente competitivo e de crise econômica no qual o Brasil se encontra:

  • Profissionalização
  • Planejamento Estratégico
  • Gestão Jurídica (tributária, trabalhista, passivos ambientais)
  • Gestão de Pessoas
  • Gestão Financeira
  • Marketing e Vendas

Dentre eles, considero os dois primeiros pontos como primordiais. Profissionalização pelo nível de eficiência e excelência ao cumprimento das metas/tarefas/atribuições de cada um dos colaboradores da organização.

Planejamento Estratégico em decorrência da própria profissionalização dos serviços e produtos, originando um mercado mais exigente, e adequado somente para as empresas que estejam preparadas para isto. É de grande importância fixação de metas, atribuições, visão, missão, e principalmente onde se almeja chegar, tanto do ponto de vista financeiro, quanto de posicionamento de mercado.

São alguns dos desafios dos tempos atuais.